Notícias

Tribuna Livre - Camara Municipal de Guaçuí
Postado em: 21/03/2014
Tribuna Livre - Camara Municipal de Guaçuí
Fez uso da Tribuna Livre na Reunião Ordinária do dia 10 de março de 2014, o Sr. Júlio Maria Borges- sócio e proprietário da empresa “Plano Assistencial Familiar Vida”, para expor sobre o serviço de “Tanatopraxia” e apresentar alternativas para a falta de vagas no cemitério local.

As atividades da empresa “Plano Assistencial Familiar Vida”, foram iniciadas no município de Espera Feliz/MG, há aproximadamente 12 anos, sendo no mês de fevereiro do ano de 2008 instalado uma unidade no município de Guaçuí/ES, onde também atendem cidades vizinhas.

Atualmente este Plano conta em nosso município com mais de 30 funcionários e o compromisso da empresa sempre foi com a qualidade e respeito no ato funerário, buscando sempre prezar pelo profissionalismo, respeito e seriedade nos serviços prestados, tendo em vista, ser o mínimo a oferecer aos familiares no momento de dor e sofrimento.

Além disso, faltava-se a tecnologia em alguns casos específicos de óbitos que ocorriam em nossa região, como casos em que o corpo precisaria ficar um período de espera superior a 24horas para o sepultamento. Diante disso, é que a empresa resolveu investir em um laboratório de Tanatopraxia.

A Tanatopraxia é a mais moderna técnica de conservação de corpos, utilizado em quase todos os países do mundo, que consiste na prática de higienização e conservação de corpos humanos, através da injeção de líquidos, cujo objetivo é proporcionar uma melhor apresentação do corpo no momento do velório.

Essa técnica é realizada com aplicação de produtos químicos no corpo do falecido. Uma maneira bem menos agressiva e mais eficaz do que os antigos métodos utilizados como o caso embalsamento. Terminada a aplicação, o corpo fica com aparência serena e corada.

Seu princípio está na aplicação de um líquido conservante e desinfetante que desenvolve a aparência natural do corpo, evitando o extravasamento de líquidos, inchaço e garantindo um aspecto semelhante ao apresentado em vida.

Este processo, com o objetivo de destruir as bactérias existentes como também de estabelecer um ambiente asséptico capaz de resistir a uma invasão microbiana, tentando restituir o aspecto natural dos traços do falecido, ajuda também, a evitar propagação de moléstias contagiosas e doenças para a comunidade.

A Tanatopraxia pode ser realizada para toda causa morte, sendo que cada uma das causas possui um produto específico.

Sendo assim, utilizando a técnica da Tanatopraxia, além da higienização mais profunda, não existe mais o tempo do velório, podendo a família decidir.

Com relação a falta de vagas no cemitério local em nosso município, o Sr. Júlio Maria Borges, sugere a construção de um Cemitério Vertical, que seria o mais viável no momento, pois não agride em nada o meio ambiente e utiliza um espaço físico de pouca extensão. O que difere do Cemitério Parque, que exige licença ambiental e possui um alto valor oneroso, havendo uma burocracia maior.

O objetivo desta Tribuna foi de esclarecer aos nobres vereadores desta Casa de Leis e a toda população guaçuiense e região, sobre os trabalhos que a empresa tem desenvolvido em nosso município, assim como, explanar algumas dificuldades encontradas pelas famílias no caso de falecimento de algum ente querido.
Galeria de Fotos
1
VOLTAR!
Nos Siga nas Redes Sociais!